Pois é gente, estou com as complicações normais de uma pessoa na vida cotidiana e às vezes isso dificulta tudo, mas se queremos caminhar e temos que contar com as próprias pernas, então o jeito é se adaptar ou se adaptar, nada mais certo que isso.
Aqui no blog não tenho escrito muito, mas não é por falta de escrita, fiz uns artigos para divulgação que nem sei se serão publicados nas mídias literárias em geral, mulheres negras… Isso é muito chato, nem um retorno voce recebe… vai, não vai e fica por isso mesmo.
Mas indo além, como autora tive a sorte de contemplar alguns posts debatendo literatura brasileira pelo viés dos leitores este final de semana e algumas questões colocadas me fizeram avaliar possibbilidades que podem ajudar muitos autores, uma proposta aberta diferente.
isso me fez resgatar pensamentos e projetos que podem ser bem interessantes e que vou me esforçar para colocar em prática o mais breve possível, um deles já vou divulgar neste final de semana.
Pode parecer que não escrevi nada demais, mas na verdade o ato de escrever envolve esmiuçar o que te vem à cabeça, algumas vezes o que vem antes te ajuda a compreender o que virá depois, o objetivo, o conceito existencial o lado técnico, gráfico, uma infinidade de pensamentos para se colocar em ordem de execução.

E vamos nessa! Bom Dia!

Comentários

Comentários

comentários