A primeira heroína negra de uma obra ficcional futurista na categoria duologia/trilogia, na história da literatura nacional tem nome, nos representa e é o que queremos, Ena! Ena! Ena!

Geralmente eu faço post quarta e sábado, mas não deu para aguentar, eu quero apresentar para vocês, agora, a capa do livro 2 que finaliza a saga da nossa heroína Ena. É (R)Evolução!!!

Diz que não está tudo de bom???!!!!

Fazer a capa de um livro é um trabalho muito louco, especialmente quando estamos envolvidas com o seu conteúdo. Queremos contar e não queremos contar tudo em uma única imagem.

Estou empolgada, feliz da vida e daqui até a Bienal vou fazer de tudo um pouco, pois como autora independente

minha editora sou eu.

Vou escrever artigos, fazer marketing, divulgação, buscar apoio ali e aqui, falar das obras, o que é ser uma autora negra nesse mundão da Bienal. Tudo o que for necessário para apresentar esta obra em grande estilo por lá.

E quero agradecer ao canal Nó de Oito que incluiu a nossa heroína sci fi no #JulhodasPretas.

E obrigada às parcerias literárias:
Momento Literário
Peregrinos da Noite
Um Oceano de Histórias
Estante Mineira
Leitores do Futuro

Aliás, vale dizer que vou estar no stand da Pendragon, vou dar o meu jeito para ir todos os dias, falar com todas e todos.

E os lançamentos oficiais serão nos dias 1 e 9 de setembro.

Daqui até lá, a gente vai conversando.

E surpresa!!!!

Dia 1/gosto vai ter presente para todas e todos lá na Amazon.
Essa eu conto depois….

Mas pode conferir, o e-book de (In)Verdades tá bem feito…

Bjs. e Muito Obrigada a todas e todos!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *