—————-

CENTRO DE INVESTIGAÇÃO AVANÇADA – CIA

DISTRITO CENTRO SUDESTE

ANO 2396

— Bom dia Sra. Naira, em que posso ajudá-la?

— Bom dia Júlia, o Sr. Amir está? Preciso muito falar com ele.

— Um instante por favor, vou verificar com a secretária a sua localização.

— Muito Obrigada.

— Oi Ena, você está tão quietinha.

— Sim, ela ficou inquieta a semana toda, dormindo mal, não sei…. Como preciso ir ao CCDP ver protocolos de segurança do novo sistema para o ACI entrar em funcionamento, pensei em deixá-la com o pai um pouquinho. Sei que ele hoje não tem atividades fora, então pensei…

— Um instante por favor Sra. Naira. Bom dia Ana, o Sr. Amir está no escritório? Sua esposa e filha estão aqui para vê-lo. Posso liberar a entrada?

— Um instante, vou verificar…

— Tomara que sim, não é Ena? –  fala Naira.

— Que ótimo! Sra. Naira, pode entrar. Tenha um Bom Dia.

— Obrigada Júlia, venha Ena, seu pai vai ficar feliz com a nossa visita.

O Centro de Investigação Avançada abriga a área administrativa de averiguação de crimes relacionados aos recursos HBN (Hidro Bio Naturais) e as práticas ilícitas relacionadas. Todos as pessoas e empresas investigadas e reconhecidamente culpadas através das provas coletadas são presas numa área distante do distrito onde são colocadas para trabalhar e pagar os custos de sua pena e estadia na prisão.

Além de lidar com todo o processo investigativo, o prédio também arquiva as antigas documentações do distrito sobre as áreas inabitadas e locais onde possam ser recuperados recursos HBN genuínos, fora do distrito.

— Bom dia Sra. Naira. É um prazer revê-la.

— Bom dia Ana e obrigada.

— O Sr. Amir está terminando uma ligação.

— Tudo bem, eu espero.

— E você Ena. Tudo bem? Está tão bonita.

— Já está com 12 anos, parece que foi ontem.

— Ela está tão quietinha…

— Sim, não sei o que é, saúde perfeita, escola sem problemas, não sei, mas preciso ir ao CCDP ver uns protocolos de funcionamento e gostaria que ela ficasse com o pai aqui, pouco tempo, quem sabe isso não a anima.

— Será que não foi o susto na semana passada? A temporada de furacões na antiga região sul do país começou e a tempestade daquela semana foi a mais forte dos últimos 15 anos.

— Ela estava na escola, foi dia de aula presencial, mas ela parecia bem. Conversei com a professora e não houve nada. As crianças seguiram todas as normas de segurança tranquilamente. É a nossa realidade, elas irão passar por muitas outras instabilidades temporais. Gostaria que não, mas….

— Sim, eu entendo. Sra. Naira… posso fazer uma pergunta.

— Claro.

— O sistema ACI vai permitir uma melhora no tempo de alerta de evacuação das áreas públicas antes dos selamentos?

— Sim Ana, sim, mas o sistema vai muito além disso. Ele vai substituir e gerir o nosso racionamento permanente, pagamentos, fluxo financeiro e será nossa identidade digital. E como nossa identidade será possível saber a localização de cada pessoa do distrito. Toda vez que você passar por uma porta ou pagar uma conta, não visamos fazer a vigilância de uma pessoa, mas se você estiver na rua, o ACI vai tocar o alarme antes do público e ele te indicará o local mais seguro perto de você e não selará totalmente até que esteja dentro em segurança. Só que existirá um limite de tempo de espera, pois não podemos colocar outras pessoas em risco por causa de uma, os ventos da semana passada chegaram a 150 km/h. Forçaremos ao limite, mas é impossível enviar um resgate nestas condições. Infelizmente…

— Bom dia senhoras e senhorita. Alguém veio me ver?

— Oi papai!

— Olá querido.

— Que abraço gostoso filha, vamos, entrem. Obrigado Ana.

— De nada Sr. Amir.

Desde o início da reconstrução dos três distritos, uma das medidas de segurança contra as instabilidades temporais foi adotar o sistema de Selamento de qualquer prédio e habitação, pública ou particular.

O selamento é um sistema de segurança que fecha com material super resistente, portas e janelas de ambientes públicos e privados, diferenciando apenas no controle, pois o público é comandado pelo governo e o privado pelo indivíduo, exceto no caso de prédios comerciais. Não há materiais soltos em via pública, os cestos da coleta seletiva e os pontos do VeTrans se inclinam ao nível do solo, impedindo que saiam voando por aí.

Já em relação ao transporte, o VeTrans é desviado automaticamente para o local mais próximo e fixado no chão por garras mecânicas, permitindo uma saída segura e rápida dos passageiros, e os voos são suspensos. Todo sistema elétrico e mecatrônico de controle das áreas públicas e privadas é subterrâneo e setorizado para minimizar qualquer risco, como uma pane, assim nenhuma outra área além daquela onde ocorreu o problema ficará prejudicada.

— E então, Naira, aconteceu alguma coisa?

— Nada em específico, só queria deixá-la com você enquanto vou ao CCDP, volto em duas horas.

— Por mim, esta princesinha pode ficar aqui o dia inteiro.

— Não pai, tenho 12 anos, criança é princesinha.

— Ah tá, entendi… Mas princesas tem privilégios…

— É? O que?

— Não posso dizer, você acabou de abdicar dos seus privilégios como princesa.

— Posso ser uma princesa adolescente?

— Hummmm, deixa eu pensar… Pode!

— Senta na cadeira do papai, tem um mapa novo lá.

— Jura? De onde é? O que encontrou lá?

— Tente adivinhar…

— Naira? E ela, como está? Aconteceu alguma coisa?

— Não Amir, ela só silenciou, ficou um pouco estranha e só disse que queria vir aqui, eu achei melhor…

— Não, tudo bem, o dia está tranquilo. Posso ficar com ela o dia todo. Nos vemos em casa, tudo bem?

— Tudo bem, mas qualquer coisa me liga.

— Tchau amor.

— Te amo.

Recursos HBN genuínos são aqueles não manipulados geneticamente – o estado original – fonte de variabilidade genética sem a intervenção humana.

Deste setor do distrito saem as missões dos oficiais para expedições de segurança ou reconhecimento de áreas em busca de vestígios de fauna e flora, possíveis sementes e grãos, fontes de água, qualquer sinal de recuperação que valha a pena proteger.

— O que tem neste mapa, pai?

— Boa pergunta. Estamos investigando a possibilidade de termos encontrado um tipo de caju, o cajueiro comum.

— Mas a gente já tem cajueiro.

— Sim filha, mas o que temos sofre de alguns problemas no plantio, crescimento e até morre antes de dar frutos.

— Por que este tipo de cajueiro é importante?

— Porque ele está lá fora, na natureza, e não temos um como ele aqui, totalmente saudável, e isso faz dele muito, muito especial. Lembra da aula de genética das plantas? Então, as que temos são iguais na informação genética e desenvolvem complicações que não temos como corrigir, então as perdemos. Esta variedade pode nos ajudar a impedir que o caju deixe de existir, precisamos saber se ela pode ser reproduzida dentro das redomas de plantio. Isso é uma descoberta e tanto.

— Ele está lá fora, aqui neste local do mapa?

— Sim, num tipo de mini oásis. Nunca tinha visto nada igual, olha essa foto.

— É lindo pai, e se está lá fora, então é muito forte.

— Sim, mas não encontramos mais que três exemplares intactos entre a faixa desértica e o escudo de pedras, deve haver uma fonte de água potável ou um tipo de filtragem no paredão, não sei filha. Só os cientistas agrônomos podem nos dizer como eles… simplesmente existem. Precisamos descobrir se podemos reproduzi-lo num ambiente controlado.

 Boa parte da água consumida nos distritos é dessalinizada, trazida por dutos de áreas litorâneas não contaminadas, sendo utilizada e reutilizada com o máximo de zelo, sem desperdício.

— Alô… eu disse para não ligar, que eu faria contato, não sabemos…

— Eles …. Eu …

— Tudo bem pai?

— Sim querida, nada demais, apenas trabalho. Sim, eu entendi, vou levar o relatório agora mesmo.

— O que foi pai? Perdeu o relatório?

— Não filha, a verdade é que o papai ia te dar esse presente de aniversário só na semana que vem, mas… vou te entregar agora.

— Que lindo pai! É um pingente.

— Sim, não foi nada fácil. É feito de uma pedra chamada quartzo preto ou ônix, como quiser chamar. E olha só, mandei fazer no formato do símbolo Sankofa. Você lembra o que significa?

— Sim, pai…  Nunca é tarde para voltar e apanhar o que ficou para atrás.

— Isso filha, muito bem. Eu preciso que você me ouça com atenção, tudo bem?

— Sim

— (…)

— Você me entendeu. Ouviu o que o papai disse? Vai para a nossa lista de charadas.

— Sim pai. É lindo!

— Que bom, meu amor, que bom. Eu preciso sair agora, mas eu volto, tudo bem?  Vou mandar uma mensagem para a mamãe. Vamos almoçar juntos, o que acha da ideia?

— Eu gosto pai, posso mostrar o meu pingente pra mamãe?

— Claro que pode, filha… eu te amo Ena. O papai te ama muito, muito. Não esquece, por favor.

— Eu também te amo pai, beijo, beijo e beijo!

— Isso! Você faz tudo valer a pena minha princesa… Sra. Ana… pode ficar de olho na minha Ena um instante? Eu volto em alguns minutos.

— Claro Sr. Amir. Ela é um anjo.

— Sim, o meu anjinho, o meu anjinho…

Com o lançamento do ACI, toda a documentação antiga não essencial no subsolo do Centro de Investigação Avançada, como anotações dos grupos de pesquisa, diário de campo dos grupos para o resgate de recursos e mapas antigos de localização serão digitalizados e enviados para o prédio do Centro de Controle de Distribuição Pública – CCDP, na área de arquivos, no subsolo, para verificação de dados no futuro, mas…

— Zacari… onde você está?

— Aqui!

— Irresponsável! Eu disse para aguardar o meu contato, não era para vir… mas o quê?

— Eles sabiam, eu não sei como… eu não sei!

— Calma, deixa eu ver…

— Tira isso! Tira isso!

— Não dá tempo, não dá…

— O que? O que?

— Eu sinto muito Zacari, por nós dois.

— Não, não, não, não, não.

— Ena, Ena, Ena, Ena… Ena.

… mas todo o material não essencial após digitalização será destruído.

— Papai…

— Ahhhhhhhh! Ahhhhhhhh!

— Papai! Papaaaai!

— O que é isso? Ai minha cabeça! Ena? Ena!

— Pai? Pai!

Ena, precisamos sair daqui, vamos!

— Não! Não! Meu pai vai voltar, meu pai vai voltar!

— Rápido! Rápido!

— Não! Não! Me soltaaaaa!

— Precisamos sair do prédio Ena, por favor!

— Meu pai! Eu quero o meu pai!

— Ana, sai daí!

— Vamos Ana! Foi uma bomba! Foi uma bomba!

— Bomba?

— Rápido, vamos sair do prédio!

— Pronto!

— Me soltaaaaa! Paaaaai! Paaaaai!

— Por aqui, saiam por aqui!

— Socorro!

— Me ajudem! Por favooorrrr!

— Sai da frente, Saaaai!

— Rápido, saiam logo! Saiam logo!

— Vamos descer Ena, vamos, anda!

— Desçam logo! Desçam logo!

— Corre Ena, correee!

— Minha perna, alguém me ajude!

— Ahnn, Ahnn.

— A luz de emergência apagou!

— Não vejo nada!

— Estamos quase na saída Ena, só mais um pouco…

— Ahhhhhhhhhhhhhhhh!

— É outra bomba! Outra bomba!

— Ahhhhhhhhhhhhhhhh!

— Tá caindo a fachada! Cuidado! Cuidado!

— Não consigo ver! Socorro! Por favor!

— Ai! Meu braço! Meu braço!

— Ena! O que foi? Socorro! Ela está ferida! Por favoooooor!

— Resgate! Resgate!

— Pega a menina! Rápido!

— Ena? Por favor, fala comigo!

— Calma senhora!

— Não, ela é só uma menina!

— Seus cortes, calma!

— Ena! Ena!

— Corte profundo, ela está em choque!

— Isso não é justo! O que fizeram?

— Vai lindinha, volta pra gente…

— Ahnn, ahnn…

— Consegui! Ela voltou! Ela voltou!

— Obrigada… Muito Obrigada…

— Aqui! Triagem de feridos!

— Leva a menina, leva…

— Eu vou com ela!

— Senhora, não dá!

— Eu vou, o pai dela está lá dentro. Eu prometi…

— Tudo bem. Ela vai com a menina!

— A sua mãe vai nos encontrar…

— Vai, vai! Código amarelo!

— O que é? Eu…

— Cirurgia senhora, ela precisa de cirurgia. Anda!

— Ena? Seja forte querida…

— Ena? Ena?

 

_____________________

 

Muito obrigada por sua leitura  até aqui…

Site – http://brasil2408.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/brasil2408/

Instagram https://www.instagram.com/brasil2408/

Comentários