E começou!!! 1º dia Eh chuvinha chata… mas tudo vem, vai embora e independente disso vou estar lá todos os dias. Foi muito bom. Fiz minhas primeiras vendas, falei, andei, adorei a experiência e a gente, ali, fazendo acontecer, só pode melhorar. Vou fazer um Cosplay basiquinho dia 1/set, antes …

Estou em contagem regressiva para encontrar vocês na Bienal do Livro – RJ 2017. Que ansiedade… e em meio a todos os detalhes off que fazem a diferença, resolvi dar uma parada para dar vida ao Book Trailer da Duologia Brasil 2408. Não esqueça de se add.  na página de …

Estou feliz da vida! A nossa segunda parte da Duologia Brasil 2408 chegou e está perfeita. No Instagram postei fotos e vídeos, mas como não registrar aqui. E ao vivo, ainda mais. Nos vemos na Bienal! Share the post "(R)Evolução: Conheçam ele por dentro" FacebookGoogle+PinterestTwitterEmailPrint

25 de Julho Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha ATENÇÃO Este livro é voltado a quem consegue compreender que heróis e heroínas devem ser diversos, e exemplos para todas e todos. Share the post "#JulhodasPretas tem (In)Verdades de graça na Amazon" FacebookGoogle+PinterestTwitterEmailPrint

A primeira heroína negra de uma obra ficcional futurista na categoria duologia/trilogia, na história da literatura nacional tem nome, nos representa e é o que queremos, Ena! Ena! Ena! Geralmente eu faço post quarta e sábado, mas não deu para aguentar, eu quero apresentar para vocês, agora, a capa do …

Esse artigo não é nenhuma receita para se dar, pois se a mesma existisse não veríamos todos os anos uma nova técnica surgindo, quer dizer… a mesma lógica com um nome diferente e cara por demais, mas algumas coisas fazem sentido, não importa o nome dado, o um dia após …

Carlos Moore é uma das mentes mais importantes da atualidade quando se trata de falar de África, racismo e diáspora negra. Share the post "Quarta Literária: A África que Incomoda de Carlos Moore" FacebookGoogle+PinterestTwitterEmailPrint

Raízes… Isso é algo muito importante quando se trata de representatividade e positivar ou negativar um imaginário. A questão do herói ou heroína de rosto negro precisa ter passado para apresentar um presente e falar de um futuro. No afrofuturismo entramos numa nova dimensão, onde temos como obrigação construir um …